Edição do dia
Qui, 05/10/2017 | Atualizado em: 05/10/2017 às 13h39

Malvados Traficas viralizam tortura no zap

Euzeni Daltro
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Os traficantes Emerson Rocha dos Santos, 28 anos, o Barriga, e Jeferson Palmeira Soares Santos, 30, o Jel, da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM), são investigados pelo sequestro e tortura de uma mulher de 19 anos, moradora da localidade do Ponto 13, em Mata Escura. Eles são suspeitos ainda de terem divulgado dois vídeos das agressões pelo WhatsApp.

Os suspeitos foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, na terça-feira (3), durante uma operação conjunta entre policiais da 11ª DT (Tancredo Neves) e do Departamento de Polícia Metropolitana. Segundo a polícia, Emerson e Jeferson foram flagrados próximo a um ponto de venda de drogas na Rua Sete de Setembro, no Ponto 13. Emerson é apontado pela polícia como líder do tráfico da localidade.

A jovem teve os cabelos cortados, em alguns momentos uma arma de fogo foi apontada para sua cabeça, foi agredida com pedaços de madeira em diversas partes do corpo e sofreu agressão verbal. O crime foi cometido no último dia 16 de setembro. Desde então, ela permanece internada em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE), conforme a polícia.

"Eles estariam convictos de que a vítima estava passando informações para o grupo rival [que controla o tráfico na Babilônia, em Tancredo Neves]. Foi uma motivação fútil porque não havia comprovação de que ela, de fato, passava informações", afirmou a delegada, Lúcia Jansen, titular da 11ª DT.