Edição do dia
Ter, 03/10/2017 | Atualizado em: 03/10/2017 às 05h00

Brasil Delegação já está quase completa

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A Seleção Brasileira realizou ontem o primeiro treino visando os dois últimos jogos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 (Rússia) diante de Bolívia e Chile.

O técnico Tite e auxiliares comandaram treinos físicos e atividades de movimentação em campo reduzido na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Durante o trabalho, Neymar chegou a sentir uma pancada, mas foi atendido e voltou normalmente.

Não houve indicação de time para o jogo em La Paz, que será disputado nesta quinta.

Isso porque apenas 16 jogadores participaram da atividade, já que o elenco só ficará completo na manhã de hoje. Alguns jogadores também encerraram o treino mais cedo, entre eles Neymar e o volante Fernandinho.

Esse foi o primeiro dos três treinos previstos antes do jogo. Todas as atividades acontecerão na Granja Comary. A Seleção encara a Bolívia em La Paz, mas não fará nenhum treino em solo boliviano.

O elenco viaja em voo fretado, amanhã, e ficará concentrado em Santa Cruz de la Sierra até horas antes da partida. A intenção é diminuir os efeitos da altitude de 3.600 metros da capital boliviana.

Na sequência da partida na Bolívia, a delegação viaja direto para São Paulo, onde treinará na Academia de Futebol, o centro de treinamento do Palmeiras, até a próxima terça-feira, dia 10, quando enfrentará o Chile, no estádio Allianz Parque, na despedida das Eliminatórias. O Brasil já é campeão da competição, com 37 pontos.