Edição do dia
Ter, 03/10/2017 | Atualizado em: 03/10/2017 às 05h00

Combate fortalecido

Roseli Servilha*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Após perder a prima para o câncer de mama, a dona de casa Nilda Pereira de Souza Souto, 39, incluiu em sua rotina os cuidados e a prevenção.

Ao saber da campanha de mobilização Outubro Rosa, lançada ontem, no Mutirão da Mama, na praça da Mangueira, no Cabula VI, Nilda aproveitou para verificar se estava tudo certo com a saúde dos seios.

"Estou sempre fazendo os exames, porque essa doença é presente no histórico da minha família. Então não posso deixar de me cuidar", diz.

Presente no lançamento da mobilização, a secretária da Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude, Taissa Gama, revelou que mais de 11 mil mamografias vão ser disponibilizadas neste mês. "Pretendemos avançar cada vez mais, para que muitas mulheres sejam atendidas", destacou Gama.

Junto com várias ações disponibilizadas pela prefeitura, em todo o mês de outubro, a campanha tem o intuito de alertar o público feminino para a importância da prevenção contra o câncer de mama e do colo do útero.

"A prevenção é o melhor caminho e, muitas vezes, por medo, as mulheres não buscam auxílio. Estamos preparados e equipados para oferecer os devidos tratamentos demandados pela doença, não só este mês, como ao longo dos 12 meses do ano, em busca da redução da incidência do câncer de mama", pontuou o prefeito ACM Neto, que esteve no lançamento.

* Sob a supervisão da da jornalista Hilcélia Falcão.