Edição do dia
Ter, 03/10/2017 | Atualizado em: 03/10/2017 às 05h00

Edson Fachin analisa recurso de Aécio

das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, vai avaliar os recursos do PSDB e do senador Aécio Neves (PSDB-MG) contra a decisão da Primeira Turma do STF de afastar o tucano do mandato e impor o recolhimento noturno. Fachin integra a Segunda Turma do STF, e determinou pela primeira vez o afastamento do senador. Depois, a decisão de Fachin foi revogada pelo ministro Marco Aurélio Mello. O recurso da defesa de Aécio pede que o afastamento do mandato seja suspenso até que o Supremo conclua o julgamento, marcado para o próximo dia 11, sobre se a Câmara e o Senado têm o poder de revogar decisões judiciais contra parlamentares. Já o recurso do PSDB pede que a decisão da Primeira Turma seja suspensa e declarada ilegal. O PSDB afirma que a decisão de afastar Aécio do mandato foi adotada "ilegalmente e em afronta à Constituição Federal". Na ação, o PSDB pede que o recurso seja julgado pelo plenário do Supremo, com 11 ministros.