Edição do dia
Sáb, 30/09/2017 | Atualizado em: 30/09/2017 às 05h00

Melhor idade, melhor sexo!

Cleane Lima*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Já se foi o tempo que pensávamos que nossos avôs e avós não faziam sexo. Esqueça isso, eles fazem. A psicóloga e sexóloga do site de relacionamento C-date, Carla Cecarello, explica que sexo na terceira idade ainda é cheio de tabu. "As pessoas imaginam que a partir do momento que as mulheres perdem a capacidade de reproduzir e os homens envelhecem, a vida sexual fica para escanteio e não é assim", afirma.

As mudanças hormonais e a maturidade nessa fase mudam o significado do sexo para eles, pois com o envelhecimento o ato sexual não é apenas uma forma de satisfazer o desejo. "Devido a maturidade, eles valorizam mais a qualidade do sexo do que a quantidade, tanto pelo tempo de intimidade quanto pela disposição física que os limitam", explica Carla.

O famoso Viagra é um dos recursos para melhorar o desempenho, mas o uso deve ser cauteloso. Segundo o urologista do Hospital Santa Izabel, Humberto Ferraz, os mais idosos devem ter cuidado com as pílulas azuis. "Antes de tomar o medicamento é necessário consultar seu cardiologista, principalmente se a pessoa já tem um histórico de problemas cardiovasculares", alerta.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.