Edição do dia
Sex, 29/09/2017 | Atualizado em: 29/09/2017 às 05h00

SDA chega, chegando com tudo no pedaço

Camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A Som de Amigos (SDA) surgiu há pouco mais de um mês, a partir de um projeto de veteranos na música e parceiros na vida. O grupo é formado por Tiago Barros, Sergio Pitanga e Mateus Pretto, moradores da Boca do Rio e Imbuí.

Segundo Tiago Barros, um dos vocalistas do grupo, a intenção era fazer um som próprio. "Cada um já tinha um projeto musical, mas queríamos fazer o nosso som próprio, com a nossa cara", conta.

De acordo com o artista, o diferencial do grupo está na forma que o pagode é tocado. "Misturamos todo o tipo de som. Tocamos Wesley Safadão, BaianaSystem e ainda acrescentamos um pouco de eletrônico, o que torna nossa 'pegada' diferenciada, acho que única no mercado", diz.

O grupo já realizou sete shows e tem um CD ao vivo que foi gravado em sua terceira apresentação, e será lançado em outubro. Além disso, a banda lançará em novembro o clipe da música de trabalho "Vem que eu tô afim", composição de Serginho, que traz o refrão: "Vem que eu tô afim, de quebrar gostoso, de mexer gostoso, de fazer gostoso. Vem que eu tô afim". Segundo Tiago, é como se fosse uma cantada, que pode partir tanto do homem como da mulher.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.