Edição do dia
Sex, 22/09/2017 | Atualizado em: 22/09/2017 às 05h00

Congele e garanta o pequenino

Cleane Lima*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A cantora Ivete Sangalo, a mais nova mamãe do pedaço, revelou que congelou, há algum tempo, óvulos para preservar a possibilidade de ser mãe. Mas você sabe porque foi necessário fazer o congelamento?

De acordo com a médica especialista em reprodução humana da Huntington Medicina Reprodutiva, Melissa Cavagnoli, ao longo da vida, a mulher tem uma reserva de óvulos e, todo mês, é gasto um pouco desse estoque, acaba quando a mulher entra na menopausa.

"Ao longo do ciclo menstrual, a mulher tem cerca de dez folículos, que são casinhas que comportam os óvulos, quando não há fecundação, a mulher perde todos", explica.

Normalmente, o envelhecimento dos óvulos e a diminuição é acelerada quando a mulher chega na faixa dos 30 anos, o que pode dificultar a gravidez por meios convencionais.

Preservação da fertilidade está entre os motivos femininos para o congelamento. A médica conta que quando a mulher não sabe se quer filho ou não tem um parceiro fixo, congelar os óvulos é uma opção para garantir uma gravidez no futuro. Outro motivo é quando a paciente que tem câncer, por exemplo, será submetida a tratamentos como a quimioterapia. "Esses tratamentos atingem as células primordiais e podem comprometer a qualidade e a reserva de óvulos', afirma Melissa Cavagnoli.

Então, quanto mais tempo a mulher levar para congelar, menor será a qualidade e quantidade do estoque de óvulos. "Por isso que recomendamos o congelamento o quanto antes, na faixa dos 30 anos, para garantir a qualidade dos óvulos e o sucesso do procedimento futuramente", finaliza a especialista.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.