Edição do dia
Seg, 18/09/2017 | Atualizado em: 18/09/2017 às 05h00

Dentes: quando a dor irradia

camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Sabe aquela dor de cabeça, no ouvido ou até mesmo na coluna? Seus dentes podem ser os responsáveis! O bruxismo e o 'apertamento' podem causar esses desconfortos.

De acordo com a dentista Priscila Carvalho, o bruxismo - ou ranger dos dentes - é algo que atinge 9 a cada 10 pacientes que vão a um consultório dentário. "Fatores como ansiedade e estresse agravam o problema, pois a musculatura local, que deveria estar relaxada durante o sono está tensionada", diz.

Já o 'apertamento', a especialista explica que se deve ao travamento do maxilar superior e inferior e pode ocasionar, além de dor de cabeça, desconforto na dentição também. "Distúrbios involuntários na musculatura podem agravar a situação, pois o paciente não tem controle sobre aquilo", frisa.

Dra. Priscila ainda faz um alerta sobre o desalinhamento da mordida: "Uma mordida com encaixe incorreto faz com que a cabeça 'force' a mandíbula para chegar na posição correta. O ideal é buscar um especialista para solucionar o problema",orienta.

A dentista informa que os dentes molares posteriores, que ficam localizados no fundo da arcada são os mais atingidos, devido à força exercida sobre eles. "Esse fator faz com que o desconforto irradie para a região do pescoço, cabeça e coluna", conta.

O nascimento do siso - conhecido popularmente como dente queiro - ou uma cárie profunda também podem piorar o quadro. No box abaixo, a especialista dá dicas de como prevenir e tratar o problema e deixa o alerta da importância de ir ao dentista a cada seis meses.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.