Edição do dia
Qui, 10/08/2017 | Atualizado em: 10/08/2017 às 05h00

No Fazendão... Preto ganha força

Rafael Tiago Nunes
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Aprovado por parte da toricda e agora com o apoio total do elenco Tricolor, o técnico interino Preto Casagrande ganha mais força a cada dia para assumir definitivamente o comando técnico do Bahia para o restante do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o lateral-direito Eduardo, a questão de Preto já conhecer os jogadores e ter convivência com o grupo há mais de um ano são fatores que pesam a favor do ex-jogador. "É um cara que conhece o grupo muito bem desde o ano passado. Conhece a característica, o jeito de jogar. Tem o fator principal que é o nosso respeito. É um respeito como se fosse qualquer treinador ou até mais pelo grau de amizade. O grupo tem aceitado isso e não tem confundido", explicou.

Mas o lateral do Bahia vai além quando o assunto é o relacionamento com Preto. "Acho que, quando ele assumiu, falou uma coisa que acho muito importante. Ele é o mesmo Preto de sempre, mas agora toma decisões. A gente tem que respeitar o máximo possível para o trabalho fluir. Desejo sorte e que ele possa nos ajudar bastante. Se for efetivado, todos os jogadores vão aceitar e vão dar de tudo para que tudo ocorra bem", justificou.

Outro a dar apoio publicamente para que Preto Casagrande seja efetivado como técnico do Bahia foi o volante Renê Júnior. Ontem, durante o programa de TV 'Donos da Bola', da Band Bahia. "Ele [Preto] conhece o grupo, conhece todos os jogadores há mais de um ano, tem o carinho do grupo. A gente espera que ele possa efetivar. Mas a gente sabe que futebol é resultado, e que ele só vai efetivar se a gente fizer por onde, se a gente fizer os resultados que a gente tem pela frente. Nós, jogadores, esperamos poder ajudar ele nessa sequência", garantiu Renê.