Edição do dia
Ter, 08/08/2017 | Atualizado em: 08/08/2017 às 05h00

Avante, Chape! Barça atropela em dia festivo

Redação e agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Barcelona goleou a Chapecoense por 5 a 0 na decisão do Troféu Joan Gamper, ontem, mas o resultado da competição amistosa no Camp Nou ficou em segundo plano. O duelo homenageou e reverenciou o renascimento do clube catarinense e de Alan Ruschel para o futebol. Afinal, pouco mais de oito meses após o trágico acidente aéreo na Colômbia, o jogador voltou aos gramados justamente nesta segunda.

Um dos três atletas sobreviventes da queda do avião nas cercanias de Medellín, em novembro do ano passado, que deixou 71 mortos, Alan Ruschel foi o grande personagem do amistoso. Foram pouco mais de 35 minutos em campo, discretos, mas que representaram um dos grandes casos de superação da história do esporte.

Ovacionado e festejado por jogadores e torcida do Barcelona, Alan ainda trocou a camisa com ninguém menos que Lionel Messi no intervalo. "Mais um sonho realizado, o Baixinho me deu a honra de trocar a camisa com ele. Conversei com ele antes, ali fora. É um cara muito humilde, que merece tudo que acontece com ele", relatou.

O Barcelona também festejou os outros dois atletas sobreviventes do acidente. Jackson Follmann e Neto deram o pontapé inicial simbólico da partida e, anteriormente, foram apresentados ao lado do elenco.

Com a bola rolando, o Barcelona tratou de aproveitar sua superioridade técnica e o nervosismo da Chape. Os gols do Barça foram marcados por Deulofeu, Busquets e Messi, no primeiro tempo. Suárez e Denis Suárez fecharam o placar na segunda etapa.