Edição do dia
Ter, 08/08/2017 | Atualizado em: 08/08/2017 às 05h00

Polícia revela que jovem teve fim cruel

Raul Aguilar
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

No pescoço marcas de asfixia. Nas partes íntimas, lacerações provocadas por um objeto perfurante. Este foi o estado no qual foi encontrado o corpo de Cláudia Santana Oliveira, 26, segundo informaram as delegadas Marta Karine Menezes de Aguilar e Milena Calmon, do DHPP Atlântico, ontem, na apresentação do caso. Companheiro da vítima, Edgar Pereira Costa, 46, foi preso na última sexta-feira (5), em Itabuna. No interrogatório, ele alegou que os ferimentos na genitália da vítima foram resultado de um "empurra-empurra", o que fez a vítima cair de pernas abertas no meio-fio.