Edição do dia
Sex, 04/08/2017 | Atualizado em: 04/08/2017 às 05h00

Condenado vai ensinar futebol à gurizada

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O goleiro Bruno Fernandes, 32 anos, condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, recebeu autorização da Justiça, ontem, para dar aulas de futebol a crianças e adolescentes em uma entidade de assistência social. A decisão da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais de Varginha (MG), onde o jogador cumpre pena, determina que ele será buscado no pátio do presídio para ser levado ao trabalho, sem contato com outras áreas externas ou pessoas de fora da entidade. As aulas vão permitir que o goleiro ganhe remição da pena de 22 anos e 3 meses. O trabalho e o tempo de prisão a ser reduzido serão avaliados pela Justiça. Bruno já cumpriu quase sete anos da pena em regime fechado.