Edição do dia
Sex, 04/08/2017 | Atualizado em: 04/08/2017 às 05h00

Le Cirque mostra que 'rir é o melhor remédio'

FELIPE SANTANA*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Le Cirque colocou em prática o ditado "Sorrir é o melhor remédio" e proporcionou às crianças internadas no Hospital Geral Roberto Santos, no bairro do Cabula, uma tarde com magia e diversão.

Cerca de 50 delas, que se encontram nas alas de emergência, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria infantis acompanharam o espetáculo do tradicional circo francês.

O hall de entrada da emergência pediátrica se transformou em um picadeiro, as crianças formaram a plateia com seus familiares e presenciaram vários espetáculos, incluindo apresentação de palhaço, mágico e malabarista. Por cerca de uma hora, a equipe do Le Cirque levou um clima lúdico e de alegria para a unidade pediátrica.

"A ação é muito interessante e chega como novidade para as crianças que estão internadas. Eu tenho sete meses aqui com minha filha e, às vezes, a rotina é complicada, por isso está sendo incrível a experiência", disse Rosineide dos Santos, 28 anos, mãe da pequena Stefanie dos Santos, 5 anos.

* Sob a supervisão do editor-coordenador Luiz Lasserre.