Edição do dia
Sex, 28/07/2017 | Atualizado em: 28/07/2017 às 05h00

Rodrigão Dedão está legal

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O mistério da semana chegou ao fim. Recém-recuperado de uma luxação no dedão do pé esquerdo que o tirou de três partidas, Rodrigão treinou normalmente, ontem, no Fazendão, e deve enfrentar o Sport neste domingo, às 4h da tarde, na Arena Fonte Nova, pela 17ª rodada do Brasileirão.

"Graças a Deus estou firme e forte para ajudar o Bahia", garantiu o centroavante, que disputou sua última partida contra a Ponte Preta, quando marcou duas vezes no triunfo por 3 a 0, em Campinas, no dia 12 de julho.

No treino tático comandado pelo técnico Jorginho, na tarde de ontem – fechado para a imprensa –, Rodrigão marcou um gol e mostrou que está em ótima forma para encarar o Leão de Pernambuco.

Se for escolhido por Jorginho para iniciar a partida como titular, será a chance para balançar as redes pela primeira vez na casa tricolor. "Já pedi a Deus para poder me abençoar. Vai ser minha estreia [como titular na Fonte Nova]. Vai ser muito importante para mim estrear com o gol e sair com o triunfo da Arena", explicou o atacante tricolor.

Se não conseguir marcar o terceiro gol com a camisa do Bahia, Rodrigão quer ajudar de outra forma. "Quando eu cheguei aqui, falei que quero dar 100%. Não quero jogar meia boca, com dor, com nada. Quero jogar 100% para ajudar o Bahia. Se não fizer o gol, quero dar o passe, ajudar o companheiro. Quero dar o meu melhor", contou o atleta.

Sobre o Sport, que tem alguns desfalques para a partida de domingo, Rodrigão é sincero: "A gente sempre está confiante, sabe os desfalques do outro time e fica um pouco feliz. Mas a gente sabe que, quem entrar no lugar deles, vai querer mostrar serviço. Temos que estar atentos", comentou.

O Bahia ocupa a 14ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 19 pontos. Se vencer a partida, vai a 22 pontos e encosta no Sport, que ocupa o sexto lugar com 24.

O time vermelho e preto jogou ontem pela Sul-Americana e foi acompanhado com atenção por Rodrigão. "A gente sabe que vai ser cansativo para eles. Vou assistir, vou estar em casa cuidando do dedo. A gente tem que imprimir nosso ritmo e buscar logo o resultado. Se puder fazer 1, 2, 3, 4 gols, vai ser importante", contou Rodrigão, que ainda precisa cuidar do dedão do pé esquerdo.

Os ingressos para a partida estão à venda. O setor mais barato, o Super Norte, custa R$ 20, a meia. Os locais de compra podem ser vistos em: www.esporteclubebahia.com.br/ingressos-66/ .