Edição do dia
Sex, 19/05/2017 | Atualizado em: 19/05/2017 às 10h37

Latrocida está de volta ao xadrez

Alexandre Santos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Envolvido no assalto que resultou na morte do estudante Claudson Alberto Silva Júnior, 15 anos, crime cometido no dia 29 de março, na Barra, Geovane de Santana Rocha, 21, voltou a ser preso. Em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, investigadores da 14ª DT (Barra) o localizaram no início da manhã de ontem, na casa de familiares, no bairro de Nazaré. Desta vez, Geovane acabou detido sob suspeita de ter roubado três servidores de um cartório dez dias antes do latrocínio contra o adolescente. A decisão foi decretada pela 10ª Vara Criminal.