Edição do dia
Qui, 18/05/2017 | Atualizado em: 18/05/2017 às 05h00

Ajudou no crime e chorou no funeral

Euzeni Daltro
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O envolvimento de Neuma Cristina Vaz dos Santos, 40 anos, no assassinato do mototaxista Rogério de Santana Souza, 30, foi uma surpresa para os moradores da Rua Souza Uzel, na localidade da Fonte do Capim, na Federação.

"Ninguém imaginava que essa cidadã pudesse estar envolvida na morte dele. Todo mundo aqui está revoltado. Ela foi ao enterro dele. Ela chorou no enterro dele. É isso que me deixa com mais raiva dela", desabafou um irmão de criação de Rogério.

Neuma foi presa na noite de terça-feira (16), em cumprimento a um mandado de prisão temporária solicitado pelo Departamento de Homicídios (DHPP).

O casal Wilma Souza da Cruz, 25, suspeita de planejar o crime, e Luiz Paulo Moro da Silva, 29, apontado como autor dos tiros que mataram Rogério, foram presos na manhã de terça-feira (16) em Simões Filho, na Região Metropolitana.

Neuma, Rogério e Wilma se conheciam desde criança, quando residiam na Rua Souza Uzel. Atualmente, apenas Rogério morava nessa rua, mas as mulheres eram vistas por lá com frequência em visita a parentes.

Publicidade