Edição do dia
Qua, 17/05/2017 | Atualizado em: 17/05/2017 às 05h00

Ladrões atiram em cliente de mercado

Euzeni Daltro
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Gilmar Maia Costa, 38 anos, pretendia apenas pagar uma conta, mas acabou baleado por um dos dois bandidos que tentaram roubar o carro que ele conduzia por volta das 20h de segunda-feira (15), no estacionamento do supermercado Extra, na Avenida Vasco da Gama.

Investigações da 6ª DT (Brotas) apontam que Gilmar foi abordado por um dos assaltantes logo após estacionar o veículo. O bandido exigiu que ele entregasse o carro, um GM Corsa Classic, mas Gilmar se negou e foi baleado pelo segundo assaltante. Ele levou dois tiros, sendo um no tórax e outro no abdômen. O carro é de propriedade da mãe dele, conforme informações do posto da Polícia Civil do Hospital Geral do Estado (HGE).

"Primeiro um ladrão atirou no rapaz e, logo em seguida, alguém atirou nos ladrões para impedir a fuga deles. Os dois bandidos ainda conseguiram sair com o carro da vítima, mas o veículo parou alguns metros depois e eles fugiram a pé", relatou a delegada Maria Dail, titular da 6ª DT.

A delegada não confirmou a versão de que foi o segurança do supermercado quem atirou nos bandidos. "Ainda é cedo para afirmar. Estamos investigando", completou ela, ao informar que nenhum suspeito havia sido identificado até as 15h de ontem.

Gilmar foi levado por um parente que o acompanhava ao HGE, onde permanecia internado até a tarde de ontem. Ele não corre risco de morte, segundo a delegada.