Edição do dia
Seg, 15/05/2017 | Atualizado em: 15/05/2017 às 09h58

Furacão vira brisa na Arena

Luiz Teles
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A torcida do Bahia não poderia ter sonhado com uma melhor estreia na Série A do Brasileirão, ontem. No jogo que marcou a volta do time à elite do futebol nacional após dois anos na 2ª Divisão, o Tricolor fez uma grande partida na Arena Fonte Nova e goleou o Atlético-PR por 6 a 2, de virada, com sete dos oito gols marcados ainda no 1º tempo.

Desde 7 de novembro de 1977, há 40 anos, quando fez 7 a 0 no Vitória (ES), o Bahia não marcava mais de cinco gols em uma partida da Série A do Brasileirão. O resultado deixou o Esquadrão na liderança da tabela, por conta do saldo de gols e do número de tentos marcados.

O Bahia aproveitou que o Atlético-PR veio a Salvador com um time misto, por conta da Libertadores, e foi muito superior em campo desde o primeiro minuto. Contudo, saiu perdendo com um gol de Guilherme, aos 14. O Tricolor só conseguiu empatar aos 33, com o zagueiro Tiago, de cabeça, após escanteio de Juninho, mas voltou a ficar atrás no marcador aos 37, quando Marcão aproveitou um vacilo da zaga e fez 2 a 1.

Daí em diante, o ataque do Esquadrão passou a funcionar e emplacou quatro tentos em oito minutos. No segundo tempo, o Bahia diminuiu o ritmo, mas o Atlético-PR não ameaçou em momento algum. Deu até para ampliar o marcador.