Edição do dia
Seg, 15/05/2017 | Atualizado em: 15/05/2017 às 09h58

'Lampions': Quem vai levar a melhor?

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Bahia e Pernambuco vão parar na noite desta quarta-feira, às 9h45 da noite, quando duas das principais equipes da região vão se enfrentar pela 'Lampions League', principal competição regional do Brasil. Tricampeão do Nordeste (1994, 2000 e 2014), o Sport recebe o bicampeão (2001 e 2002) Bahia, na Ilha do Retiro, no Recife, pelo jogo de ida da final da edição 2017 do torneio.

O Esquadrão precisou passar por um clássico para chegar à decisão. Depois de perder o jogo de ida, no Barradão, por 2 a 1, o Esquadrão derrotou o Vitória por 2 a 0, na Fonte Nova, e se credenciou a disputar o título.

Para o jogo desta quarta-feira, o tricolor terá três desfalques. O lateral-esquerdo Armero e o volante Edson estão suspensos pelo acúmulo de cartões amarelos. Já o meia Régis, principal jogador da equipe comandada por Guto Ferreira,, terá de cumprir suspensão pela expulsão no Ba-Vi.

Sem o canhoto no time, quem assume o protagonismo é Agustín Lionel Allione. O meia-atacante de 22 anos foi decisivo na classificação azul, vermelha e branca ao marcar um golaço sobre o Vitória. Mas o argentino precisa manter uma regularidade nas partidas, o que não tem acontecido. Até agora, são apenas três bolas nas redes em 15 jogos disputados na temporada.

Guto Ferreira já foi campeão estadual, mas conquistar o Nordestão será um feito mais expressivo. "Já é uma competição regional, com certeza tem uma força maior. No ano passado o acesso [pelo Bahia, à Série A] foi importante, mas título é título, é a faixa com chancela", contou o técnico.

Já o torcedor do Sport confia em Diego Souza, 31 anos, para decidir os duelos. Jogador com convocações recentes para a Seleção Brasileira, o atacante tem sido o grande craque da equipe pernambucana. Pela Copa do Nordeste, o atleta tem quatro gols marcados em sete partidas. Na temporada são dez tentos em 19 duelos.

Diego Souza é um dos jogadores do Leão da Ilha que preocupam para a partida. Ele se recupera de lesão na coxa esquerda. "O trabalho é para recuperar o Diego Souza para o jogo contra o Bahia", disse Ney Franco, técnico do Sport, em recente entrevista.

O time pernambucano tem dois desfalques certos para o primeiro confronto decisivo: Rithely e Evandro. Os atletas rubro-negros foram expulsos nas semifinais diante do Santa Cruz – o Sport perdeu o jogo de ida, em casa, por 2 a 1, mas venceu a volta, no Arruda, pelo placar de 2 a 0.