Edição do dia
Sex, 12/05/2017 | Atualizado em: 12/05/2017 às 05h00

O parasita da 'barriga d'água'

Camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A esquistossomose é uma doença causada pelo parasita Schistosoma mansoni. Em sua fase adulta, ele pode viver entre 5 a 10 anos nos vasos sanguíneos do intestino e fígado do doente, segundo Mitermeyer Galvão, pesquisador da Fiocruz.

"O contato da larva com a pele do indivíduo causa uma dermatite caraterizada por pontos vermelhos. Em seguida, o paciente apresenta problemas respiratórios", revela.

De acordo com o especialista, febre, calafrios, dores musculares e diarreia são alguns dos sintomas mais comuns. "A depender da gravidade do quadro, pode ocasionar até mesmo aumento do baço. Por isso a doença é conhecida também como 'barriga d'água'", afirma.

O tratamento é feito com remédio dispensado gratuitamente nos postos de saúde, mas a prevenção é o melhor caminho. "A educação da população é uma das principais maneiras de prevenção e combate à doença", defende. Portanto, aprenda: esteja atento às normas de higiene e evite banhar-se em água doce desconhecida.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos