Edição do dia
Sex, 28/04/2017 | Atualizado em: 28/04/2017 às 05h00

Curtiu? Prepare-se: hoje é dia de protesto

aurélio lima, roseli servilha e redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Rodoviários, servidores públicos, professores, comerciários, petroquímicos, bancários, médicos - estas são algumas categorias que prometem parar hoje (confira abaixo). As centrais sindicais também organizam três manifestações, que devem travar Salvador: às 6h, na região do Iguatemi; às 15h, no Centro; e às 18h, no Rio Vermelho, onde está marcada uma assembleia.

Sobre nota da Federação do Comércio, que garantiu um dia normal de trabalho, o presidente da CUT-Ba, Cedro Silva, rebateu: "Abrir de qualquer jeito? Já ultrapassamos essa página". Aurino Pedreira, da CTB-Ba, fez um apelo: "Qualquer provocação não ajuda um movimento construído de forma pacífica".

O prefeito ACM Neto já avisou que cortará o ponto de servidores que faltarem sem justificativa. A Prefeitura também notificará as empresas de ônibus. Em caso de interrupção do serviço, pode haver multa.

Foi feita parceria com as cooperativas Comtas, Coometas, Teletáxi, Chame Táxi e Tap para transportar servidores municipais entre 7h e 9h e 16h30 e 18h30, sem custo para eles nem para a Prefeitura.