Edição do dia
Qua, 26/04/2017 | Atualizado em: 26/04/2017 às 05h00

Recado Vereadores piram com Bolsonaro

alexandre santos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A vereadora Aladilce Souza (PC do B), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara, apresentou uma moção de repúdio às recentes declarações do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), prevista para ser apreciada em plenário hoje. "Espero que seja aprovada por unanimidade", afirmou.

Bolsonaro é acusado de fazer declarações racistas. Em palestra no Rio, ele disse que visitou uma comunidade quilombola e que "o afrodescendente mais leve pesava sete arrobas" e não servia "nem para procriador".

A vereadora Lorena Brandão, líder do PSC na Câmara de Salvador, repudiou o colega de legenda. "O Partido Social Cristão se preocupa com o ser humano, prega os valores cristãos, preza por uma conduta de reputação ilibada. Tenho orgulho de fazer parte do partido há 15 anos. Essa conduta do deputado não é uma conduta partidária. Essa é minha opinião pessoal. Rechaço, repudio, porque não faz parte da conduta da nossa vida", declarou.

Publicidade