Edição do dia
Sáb, 22/04/2017 | Atualizado em: 22/04/2017 às 05h00

Obesidade: um sério risco à saúde

Camila de Jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A obesidade é uma doença crônica e está tomando conta da população baiana. A má alimentação, com dieta pobre em nutrientes, e o sedentarismo são fatores que contribuem para o desenvolvimento da enfermidade, responsável por desencadear problemas cardíacos, diabetes e males nos rins e fígado.

Segundo a nutricionista Cecília Rios, o ideal é que as pessoas passem por uma reeducação alimentar. "Dietas milagrosas são restritivas e podem contribuir para o processo oposto, ou seja, o ganho de peso", alerta.

Já a prática de exercícios para obesos deve ser feita sempre sob orientação médica. "Atividades físicas de menor impacto, como a hidroginástica são mais adequadas", diz o educador físico Iuri Marques, que ainda sugere caminhadas ou pedaladas por 30 minutos, ao menos três vezes por semana.

Além da parte física é preciso ficar de olho na saúde psicológica dos obesos. "É preciso fortalecer a autoestima do doente, seja para manter sua imagem ou para adotar mudanças em benefício da sua saúde", opina o psicólogo Danilo Cruz.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.