Edição do dia
Sáb, 15/04/2017 | Atualizado em: 15/04/2017 às 05h00

Vinho virou sangue na hora do baba

Euzeni Daltro
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Deveria ser mais uma edição do irreverente "baba do vinho" da Sexta-feira Santa, na Avenida Vasco da Gama. Mas uma discussão resultou no assassinato de Fábio Rosário de Assis, 37 anos.

Era por volta de 5h30 da manhã, quando ele se envolveu em uma discussão com um homem e acabou baleado no tórax, segundo um policial civil.

A briga ocorreu nas proximidades do início de uma via conhecida como Ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE), na Avenida Vasco da Gama, próximo à residência da vítima.

Fábio levou três tiros e ainda chegou a ser levado ao HGE por uma guarnição da 26ª CIPM (Brotas), mas já chegou morto ao hospital.

Uma testemunha informou à polícia que os tiros foram deflagrados por um traficante daquela localidade. No entanto, não disse qual foi a motivação da briga.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios (DHPP). Ninguém informou sobre o crime na unidade.