Edição do dia
Qui, 13/04/2017 | Atualizado em: 13/04/2017 às 05h00

Embasa não descarta racionamento

Anderson Sotero
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A Embasa já tem estudos prontos se for necessário implantar racionamento no abastecimento de água de Salvador e Região Metropolitana (RMS). A informação foi dada pelo presidente da concessionária, Rogério Cedraz, que revelou dispor de volume de água correspondente a "45 a 60 dias de continuidade" nos reservatórios. A situação está sendo avaliada, a cada dez dias. "Depende do volume de água que terei de tirar do sistema. Se porventura precisarmos chegar até esse ponto que é o limite, está tudo equacionado", ressaltou o presidente da Embasa.