Edição do dia
Sex, 31/03/2017 | Atualizado em: 31/03/2017 às 05h00

Vai ter vacina sim!

Luana Almeidae Aurélio Lima
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

No dia em que o Ministério da Saúde (MS) autorizou o repasse de aproximadamente R$ 1,9 milhão para a intensificação das ações de vacinação contra a febre amarela na Bahia, os postos de saúde que oferecem a imunização em Salvador amanheceram lotados. A busca intensa teve início após a confirmação da morte de quatro macacos contaminados pela doença na capital.

Não há registro de pessoas contaminadas com a doença na Bahia, ainda assim, centenas de pessoas enfrentaram o mau tempo para conseguir a imunização. Segundo a diretora de Vigilância em Saúde de Salvador, Geruza Moraes, as 400 mil doses liberadas para Salvador serão suficientes para a vacinação até a próxima segunda-feira, quando deverão chegar novas doses. "As doses chegam gradativamente. A quantidade que temos atualmente é satisfatória para dar conta da demanda", disse.

Parte do recurso do MS será distribuída entre 16 municípios em situação de alerta - Salvador não figura entre eles - e o restante será destinado à Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), que até ontem não tinha conhecimento dorepasse. A Sesab terá autonomia para decidir sobre o gasto, que pode ser destinado à capital.