logo Jornal Massa!

Esportes

Seg, 16/04/2018 | Atualizado em: 16/04/2018 às 05h00

Empate deixa galera na bronca

Conteúdo jefferson domingos

jefferson domingos

redacao@jornalmassa.com.br

O 2 a 2 na estreia do Brasileirão contra o Flamengo foi considerado um resultado ruim para alguns torcedores do Vitória, que não se contentaram em somente empatar o jogo em que atuou com um atleta a mais desde os nove minutos do primeiro tempo.

Com o status de pior mandante do campeonato do ano passado, o Leão decepcionou mais uma vez no sábado, quando não fez prevalecer a superioridade numérica. Com Neilton, principal jogador do time, machucado e fora da partida, o Rubro-Negro sofreu com a falta de criatividade ofensiva.

"Não adianta a gente esperar uma coisa a mais, porque tem de ter um atleta que saiba driblar, que rompa a linha. E nós não temos. Dentro do que os atletas puderam fazer, nós fomos bem. A gente tem que elogiar o Flamengo do outro lado. Mesmo jogando com um a menos soube segurar, sair com velocidade", avaliou o técnico Vagner Mancini.

Com o empate, o Vitória mantêm os tabus de não conquistar um triunfo na estreia do Brasileirão desde 2009 e de não vencer o Flamengo no Barradão há cinco anos.

Vale lembrar que o duelo entre rubro-negros foi marcado por erros graves da arbitragem. No início, a expulsão injusta do meia Éverton Ribeiro, que evitou um gol do Leão de cabeça, mas o árbitro Wagner Reway entendeu que foi com a mão. Em compensação, no segundo tempo, um gol impedido do time carioca, feito por Réver, foi validado.